segunda-feira, 2 de maio de 2011

Côco: da água à carne, um milhão de benefícios!

O que é, o que é?
Nutritivo, gostoso, barato, faz bem e todo mundo gosta.
É de comer, mas também se bebe, e como!
Serve a doces e salgados, tanto verde quanto maduro.
Tem gordura, mas não faz mal.
É cheio e vazio ao mesmo tempo.
Vem de uma palmeira linda, que dá sombra e inspira canções.
Suas folhas fazem um barulhinho gostoso ao vento e brilham muito ao luar...
Pois é... O coco!

Água e raspas
Coco é bom de qualquer jeito.
A água do coco verde é nutritiva e refrescante, com fama de dissolver cálculos renais.
Sua polpa, quando começa a se formar, se come de colher.
Quando já maduro, a polpa grossa é que interessa, para comer aos pedaços quando der vontade.

Vale ralar o coco e misturar na salada, no arroz já cozido, no mingau, no peixe.
Quer encantar as crianças?
Corte banana madura em rodelas e passe no coco ralado, para pegar com palitos.


Gordura do bem
Mas a gordura do coco não é saturada?, perguntarão os mais atentos.
É. Só que, diferentemente da gordura saturada das carnes, por exemplo, a do coco se compõe de ácidos graxos de cadeia média, considerados benéficos porque não são armazenados nas células – vão direto para o fígado e viram energia.
Além disso, gordura de coco não contém ácidos graxos trans, muito comuns em óleos vegetais, que aumentam o mau colesterol, e é rico em ácido láurico, elemento antimicrobiano que o leite materno produz para assegurar a imunidade do bebê às infecções. Daí já existirem dietas de emagrecimento e cura à base de coco.
O que é ótimo, também, porque parasitas intestinais detestam o côco.


Bom para tudo
O óleo de coco, quando extraído a frio, é escandalosamente bom para saúde.
Comê-lo ajuda a perder peso, aumentar a imunidade, controlar a diabete, acelerar o metabolismo, reduzir problemas de tireóide, combater infecções por protozoários, bactérias, vírus e fungos (inclusive giárdia, hepatite C, herpes e candidíase).
Estimula a digestão e a absorção de nutrientes, nutre a pele, evita rugas, reduz o colesterol e os riscos de doenças cardíacas, câncer e obesidade.
É antiinflamatório, beneficia os intestinos e triplica a energia física com menos calorias que as gorduras convencionais. 


Onde encontrar
É possível encontrar a gordura de côco em lojas de produtos naturais e até em alguns supermercados (em sp). Alguns sites fazem até entrega em casa.

Como usar
A gordura de côco ser usada em diferentes receitas, em vitaminas ou suco de frutas ou até mesmo como uma manteiga em torradas.

Adaptado de: http://www.correcotia.com.br/mulheres/sodacoco.htm

5 comentários:

  1. Eu adoro comer coco ralado direto do pacote. Prefiro os naturais sem adição de açucar. Isto pode ser ruim por causa dos conservantes? Há uma quantidade indicada como limite para se consumir?

    ResponderExcluir

Seu comentário, dúvida ou sugestão é muito bem vindo!