terça-feira, 19 de julho de 2011

Nutrindo cabelos e unhas

Unhas e cabelos bonitos não dependem só da escolhas de bons shampoos, cremes e esmaltes.
Se esses tecidos são formados por nutrientes, é muito mais importante pensarmos na matéria prima que estamos fornecendo para uma boa ou má formação: o alimento!

Por isso, para ter cabelos sedosos e unhas fortes, é preciso olhar para o prato.
Uma alimentação rica em alimentos industrializados, dietas desequilibradas e até mesmo incapacidades digestivas (azia, constipação, refluxo e outros sintomas que demonstram dificuldades de absorção), não permitem uma renovação correta dos tecidos, e o resultado são unhas e cabelos frágeis e quebradiços.

Mas quais nutrientes são importantes para fortalecê-los?

- frango, peixes, carnes magras, quinua - Unhas e cabelos são formados por queratina, por isso é imprescindível o consumo adequado desse nutriente que vêm da proteína. Mas isso não significa consumi-lo em excesso o que só sobrecarregaria os órgãos e deixaria o organismo em estado de acidez, piorando o quadro. Uma a duas porções de proteína magra por dia são suficientes.
Esses alimentos são também fontes de ferro, que geralmente está baixo em pessoas com queda de cabelo;
- castanhas, nozes e sementes- esse grupo de alimentos concentram uma quantidade enorme de nutrientes como biotina, magnésio e zinco, que participam da síntese de proteína;
- linhaça e óleos vegetais – hidratam e melhoram a elasticidade dos cabelos e unhas;
- aveia- rica em silício que além de ser importante cofator na formação de colágeno, faz parte da composição da unha e cabelo, sendo necessária sua reposição;
- sardinha, feijão branco, batata doce e gergelim- ricos em cálcio, nutriente que fortalece principalmente as unhas;
- bananas, ameixas e melancia – ricas em vitamina B6, que participa da síntese de queratina, sendo por isso fundamental para a saúde de unhas e cabelos;
- manga, abóbora, mamão e espinafre- fontes de vitamina A, que regula a produção sebácea, reduzindo a oleosidade do couro cabeludo e impedindo que as células se degenerem por causa da oxidação. Ao mesmo tempo, regula a multiplicação das células conduzindo a uma maior elasticidade do cabelo.

O consumo frequente desses alimentos com certeza terá como resultado cabelos e unhas mais fortes e saudáveis.
De qualquer forma, vale lembrar que essa fragilidade de tecidos pode estar diretamente ligada ao stress, que detona os nutrientes do corpo gerando difersos desequilibrios.

Há também a possibilidade de desequilíbrios hormonais, por isso é importante uma investigação mais profunda feita por um profissional sobre verdadeira a origem do problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário, dúvida ou sugestão é muito bem vindo!