terça-feira, 10 de abril de 2012

Fome o dia inteiro? Veja os alimentos que saciam de verdade

Queridos leitores,
Não é falta de vontade, mas sim a falta de tempo que me impede de escrever mais por aqui.
Tenho muitas idéias e textos em minha cabeça, mas tem fases que não consigo parar para escrevê-los, pois o trabalho tem me ocupado muito.
De qualquer forma tentarei manter uma frequencia melhor por aqui, ok?
Não me abandonem rsss.Hoje vou falar sobre maneiras de aumentar a saciedade.
Muitas vezes, ao fazer dieta, diminuimos as porções dos alimentos errados ou fazemos trocas que acabam não valendo a pena, pois o resultado é a sensação de fome o dia inteiro.
Claro que para emagrecer devemos diminuir o tamanho das porções, mas fazendo isso gradativamente e sem excluir nenhum grupo, o estômago vai se acostumando naturalmente à nova condição, sem muitos sofrimentos.


Ao cortar do cardápio alimentos fontes de gordura, por exemplo, perdemos um grupo extremamente saciatogênico. Claro que não estou falando das gorduras prejuciais para a saúde, como a gordura trans super artificial, as frituras ou as gorduras saturadas em excesso, mas sim das gorduras mono e polinsaturadas, importantíssimas para a nossa saúde.
Alimentos como abacate, azeite de oliva, tahine (pasta de gergelim), castanhas, peixes de água fria e óleo de côco são ricos em gordura sim, mas gorduras que tem uma função no organismo, nutrem células, transportam hormônios, estimulam neurônios e saciam!
Outros alimentos que saciam bastante são as proteínas magras como frango, peixe, ovo e carnes vermelhas (em menor frequencia). Minha sugestão é um consumo maior de proteínas no horário do almoço, em proporção ao carboidrato, já que nessa hora utilizamos melhor os nutrientes vindos desse grupo.

Alimentos ricos em fibras também saciam, e devem estar presentes com frequencia em nossa dieta: aveia, quinua, semente de chia e linhaça, pão, arroz e macarrão integrais, leguminosas como feijão, lentilha e grão de bico, além de frutas e vegetais são alguns exemplos.

Por incrível que pareça, muitas vezes confundimos fome com sede, e a sensação de fome pode representar nada mais do que um organismo desidratado. Avalie se esse é seu caso e se discipline para tomar água com uma frequencia maior (o ideal é aproximadamente 1 copo de água a cada 2 horas).

Evite, portanto, lanchinhos pouco calóricos mas também pouco nutritivos pois o resultado com certeza será a fome freqüente. Fuja dos produtos diet light e prefira alimentos de verdade à produtos alimentícios.

Não tenha medo dos alimentos nutritivos que possuem uma densidade calórica maior: eles não “tapam o sol com a peneira” alimentando só por 1 hora ou até menos, saciam de verdade e espantam a fome por um bom tempo.



Aprenda de uma vez por todas que menos calorias definitivamente não significa o melhor para sua dieta!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário, dúvida ou sugestão é muito bem vindo!